Yinepu

inpw ou Yinepu (chamado pelos romanos de Anúbis) é o Grande Embalsamador. É Aquele que inventou e que ensina para seus sacerdotes a arte de embalsamar e mumificar o corpo dos mortos e, junto da ajuda de Aset e Nebt-het, ensina os amuletos e feitiços a serem ditos sobre o cadáver da pessoa, especialmente se o morto for um Faraó.

Seu nome significa “Criança Real”, nome esse resultado de Ele ser tido como filho de Rá ou Wesir. Sua ligação com a realeza não se limita apenas em aspectos de família ou funerários, Yinepu surgia em cenas de nascimento de reis onde Ele abençoava o recém nascido com o disco lunar, garantindo vida longa e saudável para a criança.

Originalmente Yinepu era tido como Khenty-Amentiu, O Mais Alto no Oeste, um título dado ao rei do mundo dos mortos. Este título passa a ser dado a Wesir com a popularidade do culto do mesmo e Yinepu ganha a função de guiar o morto até o salão de julgamento e se torna também quem pesa o coração do espírito contra uma pena de Ma’at. Se o coração for mais pesado que a pena, o morto é devorado por Ammit, se for do mesmo peso, ele passa a se tornar um Akhu, um espírito abençoado e justificado por sua verdade.

Outro aspecto de imensa importância e popularidade no culto a Yinepu é o de protetor. Carregando o epíteto de Tepy-dju-ef, “[Ele Que está] sobre Sua Montanha”, Ele vigia a necrópole e toda Kemet, garantindo que nada de mal possa adentrar sem seu conhecimento e caso isso aconteça, Yinepu tem a capacidade de usar os chacais que viviam próximos da necrópole para atacar qualquer um que tente alterar a ordem de Ma’at.

DUA YINEPU!

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close